diHITT - Notícias

Pecado

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Graça, Paz e Alegria!


Está no Portal Evangélico Compartilhando Na Web - 09/03/2006.



Hoje, vamos pensar um pouco sobre o que é pecado e o que temos ao fugirmos dele.

Introdução

Deus criou o ser humano a sua imagem e semelhança, dando a este uma vida muito abençoada e próspera. Deus dá liberdade e autoridade para o homem e para a mulher de administrarem a sua criação. (Gn 1.26, lembrando sempre que a Bíblia coloca em questão de hierarquia: homem/mulher - demais criação).

Homem e a mulher não estão satisfeitos com o que já alcançaram diante da autorização de Deus e transgridem os limites estabelecidos por Ele (Gn. 3.1-6).

O pecado acaba se caracterizando por uma desobediência à vontade de Deus. Só conhecemos o que é vontade de Deus quando conhecemos a Sua Palavra. Só saberemos quando estamos errados/as quando deixarmos essa Palavra ser vida em nossa vida. Temos que deixar, também, o Espírito Santo nos convencer do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.8). Deixar que ele mesmo sonde nos nossos corações, nos livrando de faltas que nos são ocultas (Sl 19.12).

Pecado e sua Natureza

A criação é boa. Tudo o que Deus fez, Ele viu que era bom (Gn 1). Mas, por que os defeitos de uma pessoa sobressaem às virtudes? O Pecado. Por causa dele, nós que somos falhos, vemos mais rapidamente as falhas dos outros. Mas todo o ser criado tem sua característica boa. Hoje vemos como que um espelho; logo veremos face a face (1 Co 13.12).

Precisamos abandonar essa prática e voltar ao desígnio de Deus (Mc. 1.14-15).

A incredulidade e a desobediência à vontade de Deus desviou o ser humano para a ausência delE. O ser humano, não crendo no amor e misericórdia de Deus, tornou-se ganancioso, rebelde, desobediente, mentiroso, idólatra, inimigo de si mesmo… Isto aparece como consequência de sua incredulidade.

A mensagem pregada por João Batista e por Jesus, é a do arrependimento: “arrependei-vos e crede no evangelho”. Jesus convida o ser humano para uma íntima reconciliação com Deus.

Consequências do Pecado

O pecado separa o homem da Imagem e da semelhança de Deus (Gn 18.17-33).

O pecado arrasta o ser humano para uma vida em total desarmonia com o Criador (Dt 24.16).

A mais dolorosa consequência do pecado é a morte, ou seja, o distanciamento total de Deus (Jo 8.24).

O ser humano criado a Imagem e semelhança do seu Criador, pode escolher entre o bem e o mal. Entre o pecar e o não pecar. Mas isso quando está buscando essa natureza (a Mente de Cristo – Ef 4.12-14), uma vez que a natureza do ser humano tende naturalmente para o pecado (Rm). A escolha pelo pecado nos leva para a morte e para a ausência de Deus, uma vez que não há comunhão entre luz e trevas (2 Co 6.14).

Fugir do Pecado nos proporciona: Is 1.18

Novo Nascimento (Jo 3 – Jesus com Nicodemos)

O pecado passa a não ter mais domínio sobre a pessoa que acolhe o Senhorio de Deus em sua vida (regenerada), “Porque todo o que é nascido de Deus Vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé”. (1 Jo. 5.4).

Novo Nascimento ou Regeneração é, portanto, a transformação que Deus opera no ser humano quando, pelo Espírito Santo, regenera-o totalmente, modificando o seu centro de referência (Rm).

Mas, e se pecarmos? 1 Jo 2.1 e 2.




1 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

Related Posts with Thumbnails